segunda-feira, 28 de julho de 2008

Esguichos de Laranja

Não lembra nem a Diabo, mas parece que é uma regra, ou mesmo uma lei da física. Sempre que se está a comer uma laranja, a expremer um citrino qualquer, ou genericamente, quando um citrino se lembra de esguichar um pouco de sumo, este sumo dirige-se a uma velocidade doida para o olho mais próximo. Nunca me lembro de ter apanhado com o esguicho na cara, no pescoço, na testa... apanho sempre com ele num dos olhos...