sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Testemunha Muda - Agatha Christie

Antes da leitura de "O Hipnotista" estava na minha lista começar a ler livros da Agatha Christie. Sim, eu sei que é quase um sacrilégio alguém da minha idade admitir que nunca leu nenhum livro desta célebre escritora, ainda para mais, quando os livros incluem todos os livros do célebre Poirot.

Bem, mas depois desta confissão, devo dizer que vi alguns livros desta colecção da ASA à venda num hipermercado e gostei bastante do design gráfico da capa, simples mas chamativo, e do formato gráfico do miolo, com caracteres claros e fáceis de ler. Fiquei logo com vontade de comprar, não um, mas toda a colecção. Mas como o meu rendimento não é grande, e prevê-se um ano difícil, limitei-me a comprar dois. Sobre o outro falarei mais tarde.

Sobre este livro, e para além do que poderia dizer sobre a história e enredo concreto, mas que não quero fazer para não apresentar spoilers, gostava de realçar o grande sentido de humor. Não é difícil ler, ler, ler, e desatar a rir a bandeiras despregadas, reparando mais tarde que toda a gente está parva, a olhar para nós. Uma situação caricata, mas que nos leva a rir, ainda mais.

Para quem estava a contar com um post grande como o anterior, lamento desiludir. Agora, fico por aqui.

1 comentário:

Patrícia França disse...

Via os episódios todos religiosamente, por isso é difícil pegar nos livros. Mas imagino que sejam no mínimo tão bons.