quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Comprimento proporcional a azelhice?

Já há algum tempo que tenho esta tese. Nem sei porque é que o meu mestrado ou doutoramento não foi sobre este assunto. Mas cheira-me que quanto maior é o carro, maior é a azelhice do condutor.

Não, não é porque o carro é grande que o condutor fica mais azelha. Até porque se assim fosse, e uma vez que os carros grandes são mais caros, seria natural que o trocassem por um carro pequeno.

Mas não, o condutor azelha tem uma tentação inata a conduzir um carro grande. E só não o faz se não puder. E depois gera todo o tipo de problemas, desde estacionar a ocupar mais do que um lugar, ou meter toda a frente do carro no meio da estrada para conseguir ver se pode arrancar.

É que não lembra nem ao Diabo!

4 comentários:

Manuel disse...

pergunta que se levanta: que carro conduzes?

Alberto Simões disse...

Hehehe. Pergunta relevante, sem dúvida. Um ford fiesta :)

Anónimo disse...

bem eu sou um super azelha.

conduzo normalmente um camião articulado(C+E).

Alberto Simões disse...

Olá, Anónimo! Estava a falar de carros :) E claro, há excepções. Hehehe! Um abraço ;)