sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Foda-se, caralho!

Peço desde já desculpa pelos palavrões do título deste post, mas é propositado. Essas foram as únicas palavras proferidas por um homem a atravessar uma passadeira em Braga, e que se assustou comigo (não sei bem porquê, já que parei a tempo para não atropelar o peão, e nem sequer tive que fazer uma travagem brusca).

Também curioso é que nesse dia estava a regressar de Lisboa, e essas foram as primeiras palavras que ouvi proferir por alguém do Douro para cima.

Coincidência?

2 comentários:

António Campos disse...

Boas,

Ora aí está algo que permite distinguir as várias zonas do país. Curiosamente, quando voltei de Granada, o facto de ter ouvido bem alto um "Caralho", ao sair do aeoroporto, fez-me sentir em casa...

Se quiser dê uma olhadela no meu blog,

Abraço,

António

alvaroiriarte disse...

Já se sabe como são estes minhotos: uma cambada de galegos!